Arquivo da tag: ideologia

Ideologia, eu quero uma pra viver!

Minha vida com o desenvolvimento de software foi de idas e vindas. Começou no COTUCA quando, na verdade, o que eu queria era fazer um colégio técnico para logo ter minha graninha para começar minha vida e dos cursos que existiam, Processamento de Dados era o que mais me atraia. Mesmo sem saber ao certo o que isso significava.

Com o passar do tempo, e com minha entrada no mundo profissional, o desenvolvimento de sistemas passou a ser algo massante e cansativo. E olha que eu comecei super bem trabalhando com caras (@wmariusso e @alexjunq) excepcionalmente fora da curva. Caras, aliás, que me ensinaram muito e sinto-me cria deles. Meu desânimo com a área se dava, em parte, porque quase sempre nada dava certo e porque eu era uma partezinha do nada: um cara que pegava diagramas feito por alguém e, simplesmente, traduzia para código-fonte.

Foi então que decidi que não era aquilo que eu queria pro resto da minha vida. Resolvi fazer Biologia na faculdade e usar a computação como mera forma de sustento. E só para isso. Acabou que na Biologia, mesmo finalizando o curso, eu não me achei: fazer pesquisa era mais chato do que aquela programação que eu fazia e era covardia, profissionalmente falando, eu começar uma vida de professor contra quase 8 anos de computação. O resultado disso foi que eu acabei me vendendo pra computação e decidi ficar, de vez, nesse mundo de desenvolvimento de software.

O que parecia ser uma decisão conformista (se é que existe esse termo), tomada apenas pelo fato de que esse era o caminho inevitável, tornou-se a decisão mais acertada da minha carreira profissional. Após uma volta traumatizante, que só reforçavam aqueles pontos que me fizeram decidir que eu não queria computação pro resto da minha vida, passei a ter contatos com caras que enxergavam essa profissão, que enxergam o desenvolver software de um jeito diferente. E, então, eu tomei a pílula vermelha!

Esses caras, caras como @rafaferry, @flsusp, @feoult e @ederign, me ensinaram, me mostraram e me fizeram entender que desenvolver um software bem feito é algo extremamente prazeroso. Esses caras também me ensinaram que desenvolver um software bem feito imerso em um time de verdade com pessoas fodas, como foram meus gurus lá do começo e como são esses caras que eu tô falando, é gratificante e inspirador! Caras que me fizeram ver e aprender que o desenvolver software não é só escrever algumas linhas de código mas sim pensar numa solução, é resolver um problema e melhorar uma situação, é discutir e se relacionar com pessoas e, por que não, uma forma de ajudar a transformar o mundo. Por mais maluco que isso possa parecer…

Anúncios